Sexta, 14 de Junho de 2024
22°

Tempo limpo

Belo Horizonte, MG

Cultura & Entretenimentos RODEIO

Divinópolis (MG) recebe o rodeio completo do Brasil, em sua 12ª vez uma etapa da PBR

Em mais um ano consecutivo, a DIVINAEXPO é sede da competição, que conta com premiação de 70 mil reais para o vencedor da etapa

29/05/2024 às 15h44
Por: Redação
Compartilhe:
Foto: Divulgação da PBR Brazil
Foto: Divulgação da PBR Brazil

A PBR (Professional Bull Riders) Brasil realizará, de 30 de maio a 02 de junho, mais uma edição do Last Cowboy Standing, competição em formato especial que acontece durante a DIVINAEXPO, em Divinópolis-MG. O evento, que é considerado o maior rodeio completo do Brasil, recebe a competição durante os quatro dias e conta com premiação total de R$ 100 mil. A PBR estará presente no evento na arena Divinópolis pela 12ª vez, comemorando uma das parcerias mais importantes da história do campeonato, com pontos válidos para o ranking mundial. Em 2023, a DIVINAEXPO completou 51 anos de história e a expectativa para 2024 é a de que o evento se supere mais uma vez.

As expectativas para esse ano é que, realmente, o evento seja ainda melhor que o do ano passado, porque é isso que tem acontecido em Divinópolis. A Comissão organizadora sempre traz uma inovação a cada edição. Ficamos sempre muito felizes porque eles nos prestigiam bastante e valorizam a PBR”, afirma Adriano Moraes, diretor da PBR Brasil e tricampeão mundial da competição. 

O Last Cowboy Standing, que significa "O último cowboy a permanecer em pé", é um dos formatos especiais de maior sucesso da PBR mundial e será realizado pela terceira vez no Brasil. A competição é realizada em formato progressivo e os 30 melhores competidores devem montar em touros e passar por todas as etapas de eliminação ao longo dos quatro dias. “No último, permanecerá na competição aqueles que conseguirem avançar nos quatro rounds da disputa. O competidor que será coroado campeão é o último que se manteve de pé, ou seja, aquele que sobrou e que não foi derrubado”, explica Adriano.

Durante a prova, além do talento e da habilidade, a competição também testa a resistência dos atletas, que precisam desafiar até sete touros no fim de semana para vencer e o campeão da competição ganha sozinho o valor de R$70 mil.

Divulgação da PBR Brazil

Entre os atletas confirmados para a disputa, que incluirá também profissionais dos EUA, estão: o atual líder do ranking nacional, Andrei Scoparo (Assis Chateubriand (PR)), Warley de Oliveira (Aparecida do Taboado (MS)) o campeão do Barretos International 2023, Flavio Zivieri (Bálsamo (SP)), o jogador do time Carolina Cowboys no campeonato mundial da PBR Teams, Eduardo Matos (Emilianópolis (SP)), o jogador do time Oklahoma Wildcatters no campeonato mundial da PBR Teams, Adriano Salgado (Batatais (SP)) e o finalista Mundial de 2021 e 2022, Iron Cowboy Nacional de 2019 e promessa desta temporada, Paulo Henrique Oliveira (Britânia, GO)). “É uma alegria receber tantos atletas de renome para mais uma edição do Last Cowboy Standing em Divinópolis. Estamos muito animados e o público pode esperar uma competição eletrizante na arena”, celebra Moraes.

Na DIVINAEXPO, o Last Cowboy Standing é dividido em duas fases: Na Fase Classificatória, todos os 30 competidores participam de três rounds e os 20 melhores se classificam para a Fase Final, onde a competição passa a ser eliminatória e, a cada round, uma quantidade de competidores é eliminada, até que fiquem somente os finalistas. No quarto round, apenas os oito melhores avançam para o round 5 do campeonato. Nele, são estabelecidos os quatro semifinalistas com base na somatória de notas e, na semifinal, os pontos conquistados serão zerados e somente os competidores que conseguirem uma montaria parada nesse round avançam para a grande final, que deve ter de dois a quatro competidores.

Caso nenhum ou apenas um competidor tenha uma montaria válida (parada) nesta etapa, as vagas para a final são preenchidas com base na somatória de notas. No round final, aquele que tiver a maior nota será o vencedor, ou seja, o Last Cowboy Standing”, finaliza o diretor da PBR Brasil. No caso de nenhum competidor pontuar ou haver empate na nota obtida por eles, será usado como método de desempate a somatória de pontos que foram acumulados em todas as fases anteriores

Sobre a PBR

Criada em 1992, a PBR (Professional Bull Riders) é a maior organização mundial de montaria em touros e um fenômeno desportivo global, presente nos Estados Unidos, Brasil, Canadá, México e Austrália, constituída pela união de 20 competidores que acreditaram que o sonho em comum se tornaria realidade. Hoje, a PBR promove cerca de 250 etapas por onde passa, como em Las Vegas (EUA) e em Barretos (Brasil), e suas transmissões atingem mais de meio bilhão de domicílios em 40 nações e territórios pelo mundo. O mundial da categoria é o Built Ford Tough Series, responsável por reunir 35 dos melhores atletas da modalidade, de diferentes nacionalidades, que viajam por todo os EUA disputando etapas em busca de pontos para o tão sonhado título e do milionário prêmio de US$ 1 milhão. A empresa também tem revelado grandes nomes do esporte, como os brasileiros Adriano Moraes, diretor da PBR no Brasil, e Silvano Alves, os únicos tricampeões da modalidade. Eles se unem a outros atletas brasileiros e, juntos, deixam o Brasil com nove títulos mundiais nas 23 finais realizadas até hoje. No Brasil, a PBR está presente desde 2006, promovendo campeonatos nas arenas dos estados de Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Paraná. Suas principais etapas são realizadas dentro dos maiores eventos agropecuários e rodeios nessas regiões.

Serviço: https://pbrbrazil.com/home

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias