Sexta, 14 de Junho de 2024
22°

Tempo limpo

Belo Horizonte, MG

Hotelaria Foco no Futuro

HSMAI: 15 insights para o setor hoteleiro apresentados no Roundtable de Revenue Managers 2024

Encontro que reuniu membros do comitê de RM da associação e convidados debateu sobre boas práticas do setor

21/05/2024 às 14h17
Por: Redação
Compartilhe:
Foto: Divulgação da HSMAI
Foto: Divulgação da HSMAI

A HSMAI (Hospitality Sales & Marketing Association International) Brasil, associação internacional com foco no desenvolvimento de executivos e profissionais da indústria de Hotelaria e Turismo, realizou na última quarta (15), o primeiro Roundtable de Revenue Managers.

O encontro, que é exclusivo para RMs sêniores e para um grupo seleto de convidados, reuniu cerca de 15 profissionais. Comandado por Gabriela Otto, presidente da associação no país e na América Latina, o evento debateu pontos importantes para a hotelaria e revelou 15 insights apontados por Revenue Managers do setor hoteleiro.

Confira os insights apresentados durante o encontro:

Nas principais capitais brasileiras:

1- Demanda em São Paulo - Aumento de concentração a curto prazo, com destaque para novembro com a Fórmula 1. Grandes feiras já não têm mais o mesmo impacto e o setor hospitalar não apresenta o mesmo resultado. Os finais de semana voltaram a se comportar como período de baixa, dificultando a manutenção das ocupações de 2023.

2- Diárias Médias estabilizadas em 2024 - Atualmente a previsão de Diária Média segue a mesma curva de ADR (Average Daily Rate = Diária Média) de 2023. Diferente do ano passado, que, com antecedência, teve uma curva acima, observamos uma estabilização de demanda.

3- Demanda no Rio de Janeiro - O show da Madonna representou pequeno

crescimento acima de 2023 e a expectativa está no Rock in Rio. De uma forma geral, o ADR se apresenta linear ao do ano de 2023.

4- Demanda em Curitiba - A cidade está conseguindo manter as tarifas públicas acima de 2023, permanecendo como o maior destaque de 2024 em relação ao ano anterior.

5 - Demanda em Belo Horizonte - Se mantém como cidade com maior procura no ano, apresentando aumento de demanda para meses futuros. De uma forma geral, está sendo um case de performance no Brasil entre as capitais. A diária média de BH apresentou um grande salto de 2022 para 2023 e mantém crescimento para 2024.

6 - Demanda em Brasília - a cidade apresenta uma demanda aquecida ao longo do ano, principalmente no aéreo. Destaque para o mês de outubro, com os shows confirmados do cantor Bruno Mars. As tarifas se apresentam mais altas que em 2022 e 2023, conquistando um crescimento modesto no ano.

Insights para o Brasil

7 - Crescimento de diária média e desafios - De uma forma geral, o país apresenta resultados de DM acima do ano passado, apesar do crescimento mais lento. É possível observar o mercado mais sensível a preço e um incremento ainda baixo das expectativas, que vinham muito altas. O desafio agora é convencer o investidor de que os resultados estão bons, já que todos se acostumaram com grandes evoluções.

8 - Rio Grande do Sul - Há uma atenção voltada para o estado, principalmente pela catástrofe climática, mas também pela demanda, que obrigou cancelamentos de reservas em todo o Brasil. 

9 - Tendências de preço em relação a lead time - Os mercados têm subido os preços gradativamente e deixado de trabalhar com oferta last minute.

10 - Efeito dos shows e eventos culturais - São grandes produtores de demanda - vide o comportamento de busca já para os shows do Bruno Mars nas praças em que ocorrerão. As instituições e associações hoteleiras poderiam fazer mais frente às prefeituras e governos estaduais sobre maior incentivo para fomento de eventos e grandes shows internacionais.

11 - Forecast 2024 x 2023 - Segundo comparativos de performance, as redes associadas estão prevendo maiores incrementos ainda em ADR do que em ocupação. Apesar disso, há um lado positivo do mercado, evitando o efeito kamikaze e a guerra tarifária.

12- Outras receitas - Algumas redes já estão colocando as salas de eventos na precificação dinâmica e análise de RM. O escopo, que antes ficava à cargo das equipes locais, está começando aos poucos a ficar sob a responsabilidade dos profissionais de RM.

13 - Distribuição e paridade tarifária - Foi abordada a complexidade e gamas de promoções de canais B2Cs sendo vazadas para o ambiente B2B. Tema esse que merece um round especial.

14 - Mercado corporativo - o setor está melhor do que em 2023 e o segmento de grupos também está crescendo gradativamente. Muitos leads estão chegando, porém ainda há necessidade de maior conversão por parte de times comerciais.

15 - Tarifas corporativas x flutuação tarifária - Ainda é sentida a necessidade de disponibilizar a tarifa flutuante para os clientes com tarifas fixas, porém houve uma pequena retração na compra das flutuantes. Algumas grandes contas já começaram a pedir renegociação de valores ou mudança para tarifa fixa devido ao grande incremento de diária pública.

Serviço: http://hsmaibrasil.org/

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias