Sexta, 14 de Junho de 2024
22°

Tempo limpo

Belo Horizonte, MG

Turismo Mercado

Abav-SP | Aviesp recebe respostas para Pesquisa do Mercado de Agenciamento (PMA) do primeiro trimestre de 2024

Prazo para o envio dos dados das agências de viagens vai até 31 de maio

20/05/2024 às 07h31
Por: Redação
Compartilhe:
Foto: Bruno Waltrick, presidente da Abav-SP Aviesp - Ag Momentos
Foto: Bruno Waltrick, presidente da Abav-SP Aviesp - Ag Momentos

A Abav-SP | Aviesp anuncia que a Pesquisa do Mercado de Agenciamento (PMA) passa a ser trimestral contando com a participação do público em geral. Os dados devem ser enviados para o Centro de Inteligência da Economia do Turismo (CIET) da Secretaria de Turismo e Viagens do Estado de São Paulo (Setur-SP) até o dia 31 de maio pelo site (link).

O estudo, realizado em parceria com o CIET, tem como objetivo promover um maior conhecimento e desenvolvimento do setor de agências de viagem no estado.

As informações colhidas serão compiladas e convertidas em estatística, mantendo a confidencialidade dos entrevistados, de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados (Lei n° 13.709/2018). Serão levantados dados sobre tamanho da empresa, principais destinos vendidos, faturamento, motivos das viagens, serviços mais contratados, análise do perfil do viajante, entre outros.

A PMA fornece uma visão abrangente e atualizada do agenciamento de viagens, permitindo que os participantes compreendam as tendências, desafios e oportunidades que estão moldando o setor. Esses dados são valiosos para orientar estratégias de negócios, tomadas de decisão e desenvolvimento de produtos e serviços. A colaboração dos sócios das agências é de extrema importância para o acompanhamento do comportamento do mercado”, comenta Bruno Waltrick, presidente da Abav-SP | Aviesp.

Serviço: @abavsp.aviesp

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias